Cateterismo é perigoso?

Cateterismo é perigoso?

O cateterismo cardíaco é um exame necessário, muitas vezes, para o esclarecimento de doenças cardíacas. Hoje em dia, esse é um procedimento de rotina. Nos Estados Unidos, por exemplo, estima-se que sejam feitos 1 milhão de cateterismos cardíacos por ano.

Importante ressaltar, que esse é um exame extremamente seguro, sendo que a ocorrência de complicações graves é muito rara, normalmente abaixo de 1%.

O risco de se morrer durante um cateterismo cardíaco é em torno de 0,05%, e de haver alguma complicação vascular grave relacionada ao local no qual foi feita a punção da artéria, necessária para a realização desse procedimento, também é absolutamente infrequente, com incidência de 0,2 a 0,3%.

Concluindo: o cateterismo cardíaco é um exame importante e necessário para ajudar o seu cardiologista a definir o grau e a severidade do comprometimento cardíaco. Realizado com técnicas adequadas e em local habilitado, é um procedimento extremamente seguro, com baixo risco de complicações ou de morte. Na maioria das vezes, pode indicar a necessidade de tratamentos adicionais que melhoram tanto a qualidade de vida quanto, eventualmente em quadros agudos, melhorar a evolução a longo prazo e reduzir a mortalidade desses pacientes.


21 comments

  • Marli Teixeira de Souza

    19 de janeiro de 2022 at 00:11

    tenho que fazer um cataterismo mais tenho muito medo porque tenho Pânico fobia e depresaõ já faz mais de um ano que já foi pedido o exame
    como você pode min ajudar

    Reply

    • Dr. Gilberto

      26 de janeiro de 2022 at 11:21

      Bom dia, Marli.
      Fique tranquila para fazer o cateterismo. Ele é muito seguro.
      Na maioria dos casos o procedimento é feito com sedação leve com anestesista na sala. Pode-se aumentar a sedação para o conforto do paciente.
      O procedimento dura somente 10 min.

      Reply

  • Amarildo cortez

    29 de janeiro de 2022 at 08:06

    Oi bom dia marli .
    Meu nome é Amarildo cortez
    Eu fiz o cateterismo e foi colocando duas Stenter .mas quero disser marli pôde fazer sem medo vc não sentem nada nao doi
    Eu fez dia 22/01/2022 estou muito bem graças Adeus

    Reply

  • Marco antonio dos santos

    1 de fevereiro de 2022 at 13:44

    Dr.minha esposa tem insuficiência renal crônica ela fez o exame de cateterismo foi tudo bem mas depois de 3 meses feito p exame ela teve uma consulta com a a sua médica do rim porém não teve notícias muito boas porque ela teve uma baixa nos seus rins será que foi pelo uso do contraste ?
    No seu pedido medico pra realizar o exame tinha uma observação que o uso do contraste não era indicado pra ela agora será que essa queda deve ser pelo uso do contraste de.

    Reply

    • Dr. Gilberto

      10 de fevereiro de 2022 at 16:27

      Para realização do exame de cateterismo cardíaco ou de cinecoronariografia é necessário o uso de um contraste que contém iodo. Esse contraste, posteriormente, ele é eliminado do organismo através dos rins.
      Embora os contrastes atualmente utilizados tenham uma baixíssima incidência de toxicidade renal, essa ainda assim pode acontecer. Normalmente quando existe uma piora da função dos rins, causada pelo uso do contraste durante o cateterismo cardíaco, essa piora acontece nas primeiras 48 a 72 horas após a realização do exame. Na grande maioria dos pacientes, ela tende a resolver espontaneamente apenas com hidratação adequada.
      Em raríssimos casos, pode acontecer uma ocorrência de uma insuficiência renal aguda, que pode necessitar de diálise peritoneal ou hemodiálise, mas isso é extremamente raro.
      Evidentemente que em pacientes que já possuem algum grau de insuficiência renal antes da realização do exame, têm um risco maior de apresentar uma piora dessa função dos rins no pós-procedimento, mas, de novo, essa alteração acontece normalmente nos primeiros dias após a realização do cateterismo.
      Se essa piora da função dos rins acontece apenas meses após a realização do cateterismo, muito provavelmente ela não tem nenhuma relação com o exame em si, e sim com a própria evolução natural da insuficiência renal.

      Reply

  • Darci vieira costa

    10 de fevereiro de 2022 at 08:35

    Darci eu tenho pressão baicha as me dá queda d presao tenho medo de fazer cateterismo me ajuda

    Reply

    • Dr. Gilberto

      10 de fevereiro de 2022 at 17:28

      Boa tarde, Sr. Darci. Fique tranquilo para fazer o cateterismo. Ele é muito seguro.
      Na maioria dos casos, o procedimento é feito com sedação leve com anestesista na sala. Pode-se aumentar a sedação para o conforto do paciente.
      O procedimento dura somente 10 min.

      Reply

  • Sandra

    18 de fevereiro de 2022 at 18:09

    Dr.Gilberto,minha mãe tem insuficiência cardíaca, quais os riscos ao fazer o cataterismo?

    Reply

    • Dr. Gilberto

      23 de fevereiro de 2022 at 18:10

      Boa tarde, Sandra. Se sua mãe está com a insuficiência cardíaca controlada com as medicações e o seu cardiologista a liberou para fazer o cateterismo , os riscos são baixos.

      Reply

  • GILBERTO CHAVES

    26 de fevereiro de 2022 at 13:31

    Dr: Eu comecei a sentir tontura e palpitação no coração com sensação de desmaio e vista embaçada, e uma ardência nas carótidas e cansaço e dificuldade ao respirar.
    Procurei o cardiologista, e ele fez vários exames,
    no doppler da carótidas constou pequenas placas de gordura, mas não impede o fluxo de sangue e nem estreitamento nas veias, Também fez o teste da esteira e nele constou isquemia miocárdia, também fiz a cintilografia em repouso e estresse, na cintilografia não houve evidencia de esquemia, mas no teste ergometrico ja houve,
    O dr: disse que não ha necessidade de fazer o cateterismo, mas outro médico me disse que eu tenho que fazer sim o cateterismo
    EU ESTOU EM DÚVIDA, SE FAÇO OU NÃO, POIS ESTOU COM MEDO. E TENHO PANICO E ANSIEDADE,
    QUERIA SABER SE É PRECISO OU NÃO, POIS EU NUNCA FUI MEDICADO COM IDO, E TENHO MEDO DE DAR COMPLICAÇÃO E ALERGIA
    AGUARDO RESPOSTA

    Reply

    • Dr. Gilberto

      4 de março de 2022 at 11:31

      Sr. Gilberto, essa é uma situação que necessita de uma consulta para avaliação. O cardiologista precisa analisar os exames que já foram feitos e os seus sintomas para então emitir uma opinião sobre seu caso.

      Reply

  • Hianna

    14 de março de 2022 at 22:42

    Ola. Boa noite.
    Esse exame foi recomendado p o meu pai. A princípio o eco aparenta ele ter tido um infarto.
    Ele qdo anoitece fica mto cansado. No caso meu pai. Tosse bastante.
    Estou c um pouco de medo. E gostaria de saber. Se diante esse quadro se provavelmente ele se sentirá melhor!

    Reply

    • Dr. Gilberto

      4 de abril de 2022 at 11:25

      Olá, Hianna. O cateterismo cardíaco é um exame que é realizado quando existe forte suspeita da presença de obstruções das artérias coronárias. Ele permite o diagnóstico preciso da presença ou não de obstruções, a sua localização e a quantidade de artérias comprometidas. Aparentemente, o paciente em questão apresenta sintomas de insuficiência cardíaca. Esses sintomas podem ser melhorados com o uso de medicações e, eventualmente, o tratamento de obstruções das artérias coronárias que podem estar contribuindo para este quadro.

      Reply

  • Meire alves

    8 de abril de 2022 at 17:36

    Quando estar em coma entubado com uma pneumonia pode se realizar o cateterismo

    Reply

    • Dr. Gilberto

      4 de maio de 2022 at 11:24

      Mesmo pacientes em UTI e que estejam entubados em ventilação mecânica e com quadro de pneumonia pode ser necessária a realização de cateterismo, desde que tenha sido constatada alguma alteração cardiológica importante em algum outro exame que justifique a realização do procedimento, visando a dilatação com um implante de stent de alguma coronária que tenha obstrução. Então, tudo vai depender do quadro clínico cardiológico e da urgência da realização do cateterismo para poder responder a sua pergunta. Se não for um caso de urgência, o cateterismo pode ser postergado até que a situação clínica do paciente melhore e ele possa fazer de maneira mais eletiva.

      Reply

  • Aparecida pedrosa

    11 de abril de 2022 at 19:24

    Dr.gilberto boa noite irei fazer cateterismo por ecocardograma deu angina eu sinto dores na mandíbula braço e peito estou cm muito medo pq tenho efisema pulmonar uso alenia já 2 anos estou preocupada demas pq fiz tomografia do pulmão 2 vezes e não fiz com contrate será poderei fazer esse exame amanhã sem contraste??

    Reply

    • Dr. Gilberto

      4 de maio de 2022 at 11:05

      O cateterismo não tem nada a ver com ecocardiograma. O sintoma que você apresenta é muito característico de angina e, consequentemente, deve ter sido por essa razão que o seu médico solicitou a realização do cateterismo. Não existe maneira de fazer o cateterismo sem o emprego de contraste, e o contraste não tem nenhuma relação com a presença ou não de enfisema pulmonar. Ou seja, não afeta a doença pulmonar o uso do contrato que é utilizado durante o cateterismo cardíaco. Também o cateterismo cardíaco não tem risco aumentado de complicações em pacientes que têm enfisema pulmonar. Então, você pode fazer o exame tranquilamente, que o risco de complicações é baixo como é na grande maioria dos pacientes que realizam esse tipo de procedimento.

      Reply

  • Damàzia Vicente

    16 de abril de 2022 at 21:58

    Minha mãe tem artérias intupida do pescoço pra cabeça . É perigoso ela fazer um cateterismo ?

    Reply

    • Dr. Gilberto

      19 de abril de 2022 at 17:05

      Provavelmente, a referida paciente tem obstruções em uma ou ambas artérias carótidas, que são vasos que se originam na artéria aorta e irrigam o cérebro, juntamente com as artérias vertebrais. Pode ser que o cateterismo a ser realizado seja para quantificar a gravidade dessas obstruções, visando a realização de cirurgia das carótidas ou implante de stents. Se o exame a ser realizado for um cateterismo das artérias do coração (cinecoronariografia), o risco é baixo desde que realizado por profissional qualificado e experiente e utilizando as técnicas adequadas.

      Reply

  • Iara

    1 de maio de 2022 at 08:56

    Bom dia Dr.minha mãe tem alergia a Iodo e Sulfato, estou com medo, pois ela tem que fazer o cateterismo! Ela pode ter algum riso?

    Reply

    • Dr. Gilberto

      4 de maio de 2022 at 09:43

      Pacientes com história de alergia ao iodo e que necessitam realizar o cateterismo cardíaco devem comunicar este fato ao médico responsável pelo exame, pois o contraste utilizado contém iodo. Nestes casos, devem ser administradas (antes da realização do procedimento) medicações que reduzem o risco de ocorrência de reações alérgicas graves. Além disso, é imprescindível que o exame seja realizado com acompanhamento de um anestesista.

      Reply

Deixar uma resposta

Seu email não será divulgado. Required fields are marked *


Dr. Gilberto Nunes | Clínica Cardiologista Porto Alegre

Agência Ibr Marketing Digital