Como é feita a TAVI?

Como é feita a TAVI?

O implante por cateter da válvula aórtica é realizado, na maioria dos casos, através de uma punção de uma artéria (artéria femoral) na região da virilha. Naqueles pacientes que apresentam aterosclerose severa com estreitamento importante, calcificação intensa ou tortuosidade excessiva das artérias femorais ou ilíacas (que conectam as artérias femorais com a aorta abdominal) o procedimento pode ser realizado por vias alternativas (acessos trans-apical, axilar, carotídeo e outros).

Na maioria dos casos, o implante é realizado com sedação leve, sem a necessidade de anestesia geral ou intubação do paciente. Em alguns casos, inicialmente é feita uma dilatação da válvula estreitada com um cateter-balão e, posteriormente, a válvula por cateter é avançada e implantada por dentro da válvula aórtica do paciente.

Depois do implante, a avaliação do resultado é realizada utilizando-se injeções de contraste na artéria aorta e pelo ecocardiograma (ultrassom do coração). Após o término do procedimento, o paciente é observado por 24h na UTI ou numa unidade especial, com monitorização cardíaca. A alta hospitalar geralmente ocorre de 1 a 4 dias após o procedimento.


Deixar uma resposta

Seu email não será divulgado. Required fields are marked *


Dr. Gilberto Nunes | Clínica Cardiologista Porto Alegre

Agência Ibr Marketing Digital